www.ba001.com.br

O governo incluirá mais 1,6 milhão de pessoas no Auxílio Brasil a partir do mês de agosto. Com tal inclusão, serão quase 20 milhões de pessoas, que receberão a ajuda do governo de R$ 600 até fim de 2022.

Inscrição Auxílio Brasil

De acordo com as regras, a única forma de inscrição no Auxílio Brasil é por meio do Cadastro Único – Cadúnico do Governo Federal.

O CadÚnico é um banco de dados pelo qual o Governo Federal, estados e municípios obtém informações referentes às famílias brasileiras que se encontram em situação de vulnerabilidade social. A inscrição é realizada nas prefeituras locais por aqueles que não tem renda, estão desempregados e que tenham renda familiar mensal de até R$ 606 por pessoa. Uma família com 3 pessoas, portanto, pode ter renda mensal de até R$ 1.818,00 para se inscrever.

O governo utiliza esses dados para o desenvolvimento de políticas públicas que possibilitam a melhoria da vida dessas famílias, os quais são a principal porta de acesso para os benefícios sociais tais como o Auxílio Brasil.

Os dados do CadÚnico dão origem a dois códigos gerais que são o NIS (Número de Identificação Social) e o código da família.

Veja alguns benefícios que exigem a inscrição no CadÚnico:

  • Tarifa Social de Energia Elétrica;
  • Aposentadoria para pessoa de baixa renda;
  • Carteira do Idoso;
  • Programa Brasil Carinhoso;
  • Programa de Cisternas;
  • Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI);
  • Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais;
  • Carta Social;
  • Passe Livre para pessoas com deficiência; e
  • Telefone Popular.

O que é Código da família no Cadastro Único?

O NIS oferece dados sobre uma pessoa física, como nome, RG, profissão, sexo, idade, entre outros, de maneira individual.

O código da família no CadÚnico fornece dados sobre todo o núcleo familiar. Por meio dele, o governo tem acesso a algumas informações tais como o número de membros, local onde vivem e faturamento familiar.

Como descobrir o código da família no CadÚnico?

O primeiro passo é confirmar se a família possui cadastro, cuja consulta é feita de forma simples e gratuita, por meio dos canais abaixo:

  • Meu CadÚnico;
  • Aplicativo Meu CadÚnico;
  • Pelo número 0800 707 2003.

Conta Gov.br

O site para consulta do Cadúnico foi modernizado e agora para verificar as informações referentes aos benefícios, o cidadão deverá fazer o login com uma conta Gov.Br.

Se o cidadão fizer a consulta pelo site ou aplicativo, deverá fornecer algumas informações tais como: nome completo, data de nascimento, nome da mãe, estado e município onde mora. Caso ele esteja inscrito no CadÚnico, será emitida uma certidão.

Cadastro Único pode ser feito online?

Atualmente, há duas formas de fazer a inscrição no Cadúnico:

  • A primeira é procurar um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do seu município, agendar um horário para que o responsável familiar compareça para prestar as informações, e apresentar os documentos da família.
  • A segunda forma foi liberada recentemente é por meio do aplicativo do Cadúnico. Ele permite que o responsável familiar maior de 16 anos faça o pré-cadastro da família diretamente pelo celular.

Após inserção dos dados exigidos, o responsável terá o prazo de 120 dias para comparecer a um posto de atendimento do Cadastro Único para apresentar os documentos necessários para finalizar o cadastro da família. Veja abaixo quais são eles:

Documentos obrigatórios para inscrição no Cadúnico

  • Para o Responsável pela Unidade Familiar (RF): CPF ou Título de Eleitor;
  • Para os demais membros da família: um destes documentos: certidão de nascimento, certidão de casamento, CPF, carteira de identidade (RG), carteira de trabalho ou Título de Eleitor.
  • Documentos não obrigatórios, mas que facilitam o cadastro:
    • Comprovante de endereço, de preferência a conta de luz;
    • Comprovante de matrícula escolar das crianças e jovens até 17 anos. Se não tiver o comprovante, o RF deve informar o nome da escola de cada criança ou jovem;
    • Carteira de trabalho (caso tenha).

Fonte: Rosangela

20 thoughts on “Auxílio Brasil: Veja o que é o Código Familiar e para que serve”
      1. Bom dia gostaria de saber se eu tenho o direito de receber o auxílio Brasil mora somente eu e meu esposo eu não trabalho pois tenho vários problemas de saúde e o meu esposo recebe o auxílio do idoso mais mesmo assim gostaria de saber se eu tenho direito

  1. Me escrevi no mês de março Aida não tive resposta será se vou se incluído em agosto.

  2. Bom dia, como posso fazer para receber p vale gás?
    Pois estou desempregada , mãe solteira pois não tenho renda nenhuma , e sim só está do Auxílio Brasil que conseguo faz 4 meses , gracas a Deus.
    E não consigo fazer o empréstimo pelo caixa tem

    Abraços agradeço desde já

    Meu nome.
    Sandra Maria Vieira Borges

  3. sou cadastrada a 5anos, nunca recebi nenhuma parcela de auxílio de bolsa família não, a esperança é a última que morre.

  4. Espero que desta vez ,vai dar certo, a esperança é a última que morre, Deus abençoe esses governantes, pra q eles vejam a nossa necessidade,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.