www.ba001.com.br

O prefeito de Canavieiras, Clóvis Almeida (PROS), detentor de duas contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), 2018 e 2019, tornou-se ficha suja, após ter a reprovação das mesmas confirmada pelos vereadores da cidade.

Durante a votação, carregada de emoção, os legisladores Cleonildo Tibúrcio (PROS), Roni da Pescan (PROS), Cosminho (PP), Lescepis Rocha (PTB) e Isa Ramalho (PP) sacramentaram o destino do prefeito de Canavieiras, Clóvis Almeida (PROS), detentor de duas contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), 2018 e 2019, tornou-se ficha suja, após ter a reprovação das mesmas confirmada pelos vereadores da cidade. ao acompanharem o parecer técnico dos desembargadores, mantendo a decisão pela rejeição das contas do exercício de 2018. 

O prefeito da cidade que em uma de suas lives semanais chegou a garantir que fazia questão de comparecer na casa de leis no dia da votação, correu, ao que parece, do enfrentamento e mandou seu advogado, contratado pelo município, apresentar sua defesa.

O vereador Cleonildo Tibúrcio abriu a votação com um discurso vibrante e homenageou todos àqueles, que de alguma forma, foram perseguidos pelo governo sendo muito aplaudido ao final de sua fala.

Seguindo o que já era de se esperar o vereador Cosminho, sempre coerente, mencionou em seu discurso sua criação e o fato de ser pelo certo, mostrou serenidade ao não lembrar fatos acontecidos quando assumiu o cargo de vereador na última legislatura.

A vereadora Isa Ramalho fez um discurso sucinto e direto ao ponto de enfatizar que apesar do advogado do Bicho Solto (autodeclarado) ter tido boa retórica no púlpito não a convenceu e ela votaria como os técnicos do TCM que opinaram pela rejeição das contas.

O vereador Lescepis Rocha visivelmente emocionado votou pela população carente dos bairros da cidade que espera a quase 06 anos que as promessas feitas em campanha pelo alcaide sejam cumpridas e relembrou erros que ainda persistem na gestão. Lescepis também ofereceu seu voto a Dário Brito, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos do Município (SINDSPUC), pelas lutas dele a frente da entidade sindical contra os desmandos do gestor com os servidores do município.

Roni da Pescan lembrou os ataques sofridos pelo prefeito em suas lives semanais, sendo taxado até de FORA DA LEI, mencionou que foi sim eleito no palanque do prefeito mas que sua criação não lhe ensinou a ser submisso a ninguém e concluiu dedicando seu votos a todos os perseguidos pelo Governo +Humano em especial ao servidor injustiçado Cristiano Santos Silva, de codinome Malabim, um conhecido músico da cidade que impedido de exercer sua arte em decorrência da pandemia do novo coronavírus, inscreveu-se e passou no processo seletivo obtendo êxito mas que logo foi exonerado por motivos chulos, supostamente porque é amigo de infância do edil.

A estratégia do prefeito de Canavieiras, Clóvis Almeida (PROS) não adiantou e nem a suposta pressão exercida sobre alguns vereadores foi o suficiente para reverter mais uma derrota do governo +humano.

Fonte: canavieiras News

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.